Byafra, 60 Anos, Decidiu Fazer Mestrado Pela UFRJ

31 Mar 2019 18:01
Tags

Back to list of posts

<h1>&quot;Ainda H&aacute; espa&ccedil;o Para Piorar Mais Antes De Aperfei&ccedil;oar&quot;, Diz Novo Gestor Do Brasil Plural</h1>

<p>S&Atilde;O PAULO - O Brasil est&aacute; no meio de seu per&iacute;odo de decad&ecirc;ncia econ&ocirc;mica e s&oacute; precisar&aacute; esbo&ccedil;ar uma rea&ccedil;&atilde;o mais clara entre o fim de 2016 e o in&iacute;cio do ano seguinte. Convidado em julho pra ser o novo gestor de mercados globais da asset do banco Brasil Plural, Maur&iacute;cio Junqueira visualiza um caso muito mais adverso no plano global com a desacelera&ccedil;&atilde;o chinesa e a subsequente queda dos pre&ccedil;os das commodities. Junqueira. Pra ele, cada movimento negativo no quadro geral tende a vir do lado pol&iacute;tico, por&eacute;m depender&aacute; de novos acontecimentos.</p>

<p>O novo gestor do Brasil Plural acredita que os pr&oacute;ximos dois meses ser&atilde;o decisivos pra defini&ccedil;&atilde;o de qual epis&oacute;dio ir&aacute; se sobrepor - o do impeachment da presidente Dilma Rousseff seria menos vi&aacute;vel, por&eacute;m n&atilde;o com circunst&acirc;ncia miser&aacute;vel. Vai Fazer Concurso Pra Tribunais? , a recomenda&ccedil;&atilde;o &eacute; assumir posi&ccedil;&otilde;es mais leves, embora o contexto puramente econ&ocirc;mico apresente pouco mais de percep&ccedil;&atilde;o - mesmo n&atilde;o sendo aquele que o mercado amaria de acompanhar. Para 2015, o especialista espera retra&ccedil;&atilde;o de 2% ou mais no Item Interno Bruto, movimento acompanhado com menos pot&ecirc;ncia no ano seguinte, quando &eacute; projetado funcionamento entre 0% e -1%.</p>

<p>Maur&iacute;cio Junqueira refor&ccedil;a, desde julho, a equipe de gest&atilde;o da macro asset do Brasil Plural, comandada por Leonardo Breder, s&oacute;cio e respons&aacute;vel pelo renda fixa. Com mais de dezoito anos de experi&ecirc;ncia em gest&atilde;o de mercados, atuou em organiza&ccedil;&otilde;es como Lentikia Capital, BTG Pactual e Banco Cacique. Em 2010, foi um dos fundadores da Squanto Investimentos, e, 2 anos depois, da Tese Investimentos.</p>

<p>Junqueira det&eacute;m mestrado em Economia pela University of Grenoble (Fran&ccedil;a) e MBA em Economia do Setor Financeiro pela USP (Universidade de S&atilde;o Paulo). InfoMoney - Pra come&ccedil;ar, gostaria que o senhor falasse um tanto de que forma foi este procedimento que culminou no seu ingresso &agrave; equipe do Brasil Plural. Maur&iacute;cio Junqueira - Sou de S&atilde;o The New York Times (em Ingl&ecirc;s) , por&eacute;m agora estava no Rio de Janeiro h&aacute; tr&ecirc;s anos, no momento em que vim para montar outra asset, chamada Tese Investimentos, com meu s&oacute;cio Francisco Pinto.</p>

<h1>Depois, a come&ccedil;ar por 2008, comecei a focar em mercados internacionais.</h1>
<p>Em junho desse ano, resolvemos soltar a sociedade, pensando que nossos estilos de gest&atilde;o n&atilde;o estavam combinando. Eu de imediato tinha um contato incr&iacute;vel com o pessoal do Brasil Plural. Foi uma altera&ccedil;&atilde;o muito r&aacute;pida. Em menos de duas ou 3 semanas, prontamente estava aqui. Acho que casaram bem os interesses do pessoal da gest&atilde;o com o que eu vinha fazendo nos &uacute;ltimos anos. Nos primeiros dez anos da minha carreira, fiquei muito focado na parte dos mercados de renda fixa e c&acirc;mbio no Brasil. Depois, a come&ccedil;ar por 2008, comecei a focar em mercados internacionais. Foi a data em que fui trabalhar em um hedge fund em Londres.</p>

<p>Dei at&eacute; sorte, porque foi bem no per&iacute;odo mais agudo da queda. Pude viver uma divis&atilde;o bem consider&aacute;vel da hist&oacute;ria dos mercados. MJ - A sorte foi estar em Londres, no meio daquela desorganiza&ccedil;&atilde;o dos mercados. Na hora, foi muito volumoso, no entanto parab&eacute;ns. A gente conseguiu ter um desempenho muito sensacional durante toda a incerteza e pela sa&iacute;da dela bem como. Foi uma experi&ecirc;ncia fant&aacute;stico.</p>

<p>A partir desse instante, foquei minha gest&atilde;o nos mercados internacionais. Primeiro, olhei mais para os emergentes, grandes pares do Brasil. Ao longo do tempo, passei a ver de perto pa&iacute;ses constru&iacute;dos: EUA, Europa, Jap&atilde;o, Reino Unido. No come&ccedil;o, foi mais renda fixa, moedas e um pouco da parcela direcional de bolsas (&iacute;ndices), sem entrar no micro de a&ccedil;&otilde;es e organiza&ccedil;&otilde;es. Este hedge fund em que trabalhava fundiu com o BTG Pactual, onde trabalhei por mais um ano. Depois, voltei para o Brasil e sa&iacute; com um dos principais s&oacute;cios pra fazer uma asset em S&atilde;o Paulo - a Squanto Investimentos, em 2012. Apesar da volta, continuei fazendo o trabalho de acompanhamento desta quota de global macro.</p>

<p>Lendo pros &uacute;ltimos 5 anos, acho que renda fixa e moedas s&atilde;o 80%/90% do que eu olho e fa&ccedil;o. A parcela de bolsa &eacute; menos presente, por&eacute;m continuo fazendo algumas apostas, desde que com uma hist&oacute;ria macro por tr&aacute;s. Ao longo Informa&ccedil;&otilde;es Para Concurseiros em que passei por Lentikia, BTG e Squanto, tamb&eacute;m tive a oportunidade de compreender a respeito commodities. Foi outro aprendizado que ajudou muito. As classes de ativos hoje est&atilde;o muito interligadas. Pra ti operar moeda, &eacute; essencial saber o que est&aacute; acontecendo com commodities, renda fixa, bolsa. IM - Qual &eacute; o extenso desafio que o senhor enxerga nessa nova fase de sua carreira, no Brasil Plural?</p>
<ul>

<li>Curso de P&oacute;s Gradua&ccedil;&atilde;o de Gerenciamento de Projetos - Ibec</li>

<li>1 - Eiffel Scholarships</li>

<li>9/10 (Getty Images/ Kevork Djansezian)</li>

<li>Como t&aacute; a Luyara (filha da Marielle)</li>

<li>tr&ecirc;s Convite para participar da conversa de Estrat&eacute;gia do Movimento</li>

</ul>

<p>MJ - Uma coisa que me atraiu bastante nas primeiras conversas e desse primeiro m&ecirc;s foi pontualmente a propriedade da equipe que trabalha nesse lugar e a infraestrutura da organiza&ccedil;&atilde;o. &Eacute; tudo muito promissor. Para mim, foi um timing maravilhoso para a altera&ccedil;&atilde;o. Pessoalmente, acredito que prontamente seja a consolida&ccedil;&atilde;o de tudo que adquiri de experi&ecirc;ncia at&eacute; aqui.</p>

<p>&Eacute; poder ajudar nessa por&ccedil;&atilde;o de gest&atilde;o macro e crescer pr&oacute;ximo com a corpora&ccedil;&atilde;o. Sinto-me muito &agrave; desejo para continuar fazendo o servi&ccedil;o que fiz nos &uacute;ltimos anos. IM - Em Londres, o senhor pegou o olho do furac&atilde;o da crise de 2008/2009. De imediato, no Brasil Plural, enfrenta o in&iacute;cio de um ciclo mais confuso pra economia brasileira.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License